• Casa,  Minimalismo

    O que fazer com o destralhe

    O que fazer com o destralhe

    É comum vermos por aí dicas para escolher itens na nossa casa para desapegarmos, mas o que quase ninguém ensina é o que fazer com esses objetos que não queremos mais.

    Hoje vou contar algumas formas que eu uso para me desfazer daquilo que não desejo mais.

    1. Vendas online

    Basicamente eu utilizo dois sites: a OLX e o Enjoei. Já usei muito a OLX, mas ultimamente não tenho conseguido fazer muitas vendas por lá. A OLX não cobra nenhuma taxa do vendedor. No entanto, não oferece um sistema seguro de pagamentos. A maioria das vendas que já fiz por lá foi pessoalmente. Por isso, se você mora em uma cidade muito pequena, fica mais difícil encontrar compradores lá.

    O Enjoei é um site muito seguro, pois o comprador paga diretamente para eles e só depois que o produto for entregue é que o vendedor recebe o dinheiro. Eles fazer promoções frequentes e tem uma equipe forte de marketing. No entanto, isso tem um custo. Eles cobram uma comissão que varia entre 18,5% e 20% de comissão, de acordo com o valor do produto.

    2. Vendas físicas

    Se você tem uma boa rede de contatos, pode tentar fazer vendas pessoalmente ou até montar um bazar na sua casa, como a gente vê nos filmes americanos.

    Para vender roupas, você pode procurar algum brechó na sua cidade. Eles dificilmente vão pagar mais do que R$ 10,00 em uma peça (a não ser que seja algo de grife), então o interessante é levar bastante coisa para poder lucrar com a quantidade.

    3. Doação

    Nem sempre é tão fácil encontrar quem receba doações, principalmente se não for de roupas e sapatos. Existem algumas instituições que recebem itens diversos para doação, pois eles revendem esses itens com o intuito de arrecadar algum dinheiro para utilizar em suas necessidades.

    Pesquise se existe algo assim na sua cidade. Igrejas também costumam receber doações. E, claro, você também pode doar para pessoas conhecidas ou até presentear alguém.

    4. Lixo

    Tem certos itens que não tem outra solução, a não ser ir para o lixo mesmo. Porém, tente descartar tudo da melhor forma possível. Eu confesso que nem sempre consigo, pois não moro em uma cidade grande e nem sempre encontro alguma instituição ou cooperativa que receba determinados itens.

    Pesquise se há perto de você alguma cooperativa que faça coleta seletiva. Em alguns locais, como determinados supermercados, bancos e grandes empresas existem aquelas lixeiras coloridas para coleta seletiva. Leve até essas lixeiras o que for possível.

    No site Ecycle, você digita o que precisa descartar, seu endereço e ele te informa se há algum local adequado na sua cidade para isso. Sei que O Boticário recebe embalagens das marcas que fazem parte do grupo deles e destinam para a reciclagem. É só ir até uma loja e depositar lá em uma caixinha.

    A M.A.C. também tem um programa interessante, mas não sei informar exatamente como funciona. Sei que você junta embalagens de produtos da M.A.C que já acabaram e depois que você acumular um determinado número de embalagens, leva na loja e troca por um batom. Super legal, né.

    Bom, se vocês conhecerem outras dicas, deixem nos comentários que eu vou adorar saber!