• Casa,  Organização

    Minha rotina de lavanderia

    Minha rotina de lavanderia
    Minha rotina de lavanderia

    Hoje eu vim compartilhar com vocês como é a minha rotina de lavanderia. Como eu moro em um apartamento, não tenho muito espaço de varal para secar roupas. Eu tenho um pequeno varal de teto, em área interna, que acabo usando mais para as roupas do meu filho, e um varal de chão, que é usado para todo o resto. Não tenho secadora de roupas. Portanto, sinto a necessidade de ter um planejamento para lavar as roupas da família.

    Roupas do bebê

    Meu bebê suja muita roupa. Então meu marido lava as roupas dele diariamente à mão com sabão de coco ou um sabão especial para bebês. Até pensamos em começar a colocar as roupas dele para lavar na máquina, mas são roupas muito encardidas. Precisam ser esfregadas antes. Sendo assim, meu marido acaba lavando à mão mesmo. E isso é feito diariamente para não acumular o serviço e para ter espaço suficiente no varal para secar.

    Nossas roupas

    Lavo uma máquina às segundas-feiras, pois minha diarista vai às terças. Assim, dá tempo de secar tudo para ela passar. No domingo à noite, costumo dar uma separada nas roupas: coloco meias e cuecas em um saquinho que vai à máquina, separo alguma peça que solta tinta para lavar separado etc. Na segunda de manhã, ligo a máquina antes de sair para o trabalho. Quando eu volto para casa na hora do almoço, aproveito para pendurar as roupas no varal.

    Toalhas

    Troco uma vez por semana, às terças-feiras. Já lavo no mesmo dia em que troco. Minha diarista que coloca na máquina para mim.

    Jogo de lençol

    Também troco uma vez por semana. Se houver espaço no varal, lavo às terças. Caso contrário, deixo para lavar na quarta-feira.

    Roupa de cama e banho do bebê

    Essas peças eu lavo na máquina, sempre aos sábados.

    Itens diversos

    Itens de estação ou que eu não junto quantidade suficiente para lavar toda semana, como jeans, por exemplo, eu lavo de acordo com a minha necessidade. Aí encaixo em algum dia em que haja espaço no varal.

    Meu varal de chão fica na mini sacada do meu apartamento. E lá bate sol direto no período da manhã. Então dou preferência por lavar as roupas de manhã, porque assim elas secam mais rápido. Como eu já comentei acima, tenho uma pessoa que me ajuda uma vez por semana. No dia que ela vai, ela passa todas as roupas que precisam ser passadas. O restante, eu já tiro do varal quando seca, dobro e guardo. E na casa de vocês, tem alguma rotina de lavanderia?

  • Finanças,  Organização

    Organização financeira: primeiros passos para economizar

    Organização financeira: primeiros passos para economizar
    Foto por maitree rimthong em Pexels.com

    Minha mãe sempre me ensinou a ser uma pessoa econômica e guardar dinheiro. Quando eu conheci o meu marido, aprendi a fazer isso de uma forma mais organizada. Ele mantinha uma planilha no Excel onde separava uma aba por mês e listava as categorias e os valores gastos.

    Atualmente nós usamos o aplicativo Minhas Economias. Na verdade, uso mais a versão para PC mesmo. Nós não deixamos passar nada. Se doamos R$ 1,00 para alguém na rua, anotamos no nosso extrato de gastos. Isso ajuda muito a ter um controle e a saber em que estamos gastando nosso dinheiro.

    Muitas vezes não sabemos como o dinheiro acaba tão rápido e, fazendo um controle, podemos identificar que aquele cafezinho diário, aparentemente inocente, está custando R$ 100,00 por mês, por exemplo.

    Aqui é só um exemplo. A questão não é sobre o cafezinho. Se tomar um café na rua for importante para você e sua situação financeira não estiver apertada, sugiro que o mantenha.

    Mas pode ser que, sem perceber, você esteja gastando seu dinheiro com algo que nem seja importante para você. Nesse caso, o controle financeiro vai ajudar a identificar esse gargalo.

    Além disso, uma boa organização financeira auxilia no planejamento de nossas metas e objetivos. Organizando as contas, você consegue programar melhor a compra de um celular, uma viagem dos sonhos, entre outras coisas.

    Como começar

    Minha sugestão é a seguinte: faça uma planilha, procure um aplicativo que te agrade ou use um caderno. A ferramenta não importa. Escolha o que você achar mais prático e comece a registrar todos os seus gastos, separando por categorias.

    Defina bem as categorias, crie subcategorias e registre tudo direitinho. Se você fizer anotações muito genéricas, vai ficar mais difícil de identificar para onde está indo o seu dinheiro.

    Seja honesto e anote tudo mesmo. Ao final do mês, veja quanto você gastou. Registre também sua receita mensal. Olhe bem para seu extrato e defina um limite de gastos mensal. Lembre-se de incluir um orçamento para algum lazer e imprevistos que acabam surgindo.

    Após definir seu orçamento mensal, é hora de separar um valor para investir. Por exemplo, vamos supor que sua média mensal de gastos seja R$ 1.900,00 e seus ganhos mensais sejam de R$ 2.100,00. Então, vai sobrar R$ 200,00 para você guardar.

    Se você tiver um salário fixo, você pode ter um valor pré-definido para investir. Quando receber, já tire da conta o valor que irá economizar. Caso não tenha um rendimento fixo, tudo bem também. Sabendo quanto você gasta (se imponha um limite), é só subtrair dos seus ganhos para definir o valor a economizar.

    O importante é o seguinte. Após começar a registrar suas despesas, você deve fazer uma análise da sua situação financeira. Quanto está gastando? Dá para diminuir algum gasto?

    A partir desta análise, defina um valor para investir todo mês. Se ficar esperando sobrar dinheiro, nunca vai sobrar. Assim que receber seu salário, já separe o valor a investir e aplique o quanto antes.

    Agora que você já sabe como começar, deixa eu te contar 12 dicas para economizar.

  • Casa,  Organização

    Como montar sua lista de compras do mercado

    Lista de compras do mercado

    Sempre tive o hábito de fazer uma lista de compras antes de ir ao mercado. Eu fazia da seguinte forma: antes de sair de casa, olhava na despensa, via o que estava faltando e anotava no papel.

    No entanto, muitas vezes eu acabava esquecendo de colocar na minha lista aqueles itens que eu não comprava com tanta frequência. Os itens de consumo semanal eu sempre lembrava de anotar, mas os outros…

    Cheguei a baixar um aplicativo de lista de compras, mas não me adaptei. Então resolvi criar o meu próprio sistema. Para isso, fiz um arquivo no computador com minha lista de mercado (hoje esse arquivo fica no Evernote para que eu acesse facilmente tanto no computador quanto no celular).

    Antes de ir às compras, eu abro o arquivo e checo item por item. Vou conferindo se cada item marcado no documento está em falta em casa ou não. Anoto em um papel o que estiver faltando e, então, é só ir ao supermercado.

    Eu fiz uma lista personalizada de acordo com as minhas necessidades. Se eu não compro ketchup, por exemplo, na minha lista nem consta este produto. Assim, acabo economizando um tempinho evitando checar uma lista cheia de coisas que eu não consumo. Olha só como ficou a minha lista:

    Imagem da minha lista de compras do mercado

    E você, tem algum método para montar a sua lista de compras do mercado?