• Vida

    Retrospectiva 2019

    Este será o último post do ano. Quando ele for ao ar, estarei de férias aproveitando um tempo com a minha família.

    Achei que seria interessante encerrar 2019 com uma retrospectiva do blog.

    Este espaço foi criado em 2017. Após alguns posts publicados, ele foi totalmente abandonado no ano de 2018 e finalmente voltou à ativa em 2019.

    Alguns dados

    Nesse ano, eu comecei a levar essa página mais a sério e me organizei para postar com regularidade. Reativei o blog em junho e escrevi 26 posts (contando este) de lá para cá, o que pode parecer bem pouco para alguns, mas sei que fiz o melhor que pude.

    Procurei escrever sobre assuntos que gosto e que estão relacionados ao meu cotidiano.

    Estipulei a segunda-feira como o dia de publicação de posts e, salvo poucas exceções, consegui cumprir o meu planejamento.

    Aqui estão os três posts mais acessados do ano:

    1. Como organizar uma festa infantil
    2. Como estou usando o Evernote para me organizar
    3. Quantidade ideal de roupas para bebês

    Caso ainda não tenha lido, aproveite para dar uma olhada. Por sinal, foram três textos que gostei bastante de fazer.

    Em 2020, sigo empolgada para continuar postando com regularidade e desejo que o blog conquiste mais leitores.

    Agradeço muito a todos vocês que passaram por aqui e que gastaram alguns minutos do seu dia para ler o que escrevo. Vocês fizeram diferença na minha vida!

    Desejo que todos tenham um Natal e um Ano Novo maravilhosos, cheios de paz, saúde, amor e acompanhados de pessoas queridas. Nos vemos em 2020!

    Se tiver sugestões de temas que você queira ver aqui no ano que vem, deixe um comentário!

  • Carteira com moedas caindo para fora e uma lupa sobre elas
    Finanças

    10 ideias para fazer renda extra rapidamente

    O custo de vida no nosso país está bem alto. Dar conta de todas as despesas não é uma missão das mais fáceis. Por isso, muita gente busca aumentar a renda, seja porque está desempregado, seja porque o salário é insuficiente. Pensando nisso, fiz esse post. As dicas aqui apresentadas exigem pouco ou nenhum investimento e dão retorno financeiro rápido.

    Confira 10 ideias para fazer uma renda extra rapidamente

    1. Tradutor

    Se você é fluente em inglês ou em outra língua, pode oferecer serviços de tradutor de texto. É possível captar clientes diretamente, através da sua rede de contatos, ou pelo intermédio de plataformas como a Workana.

    1. Vendedor de itens parados em casa

    Todo mundo tem em casa algum item em bom estado que não está mais usando. Seja uma peça de roupa, uma mochila ou um eletrônico. Olhe com atenção na sua casa e selecione aqueles objetos que podem ser vendidos.

    Você pode anunciar online em grupos do Facebook, no Enjoei, na OLX ou no Mercado Livre. Mas também é possível vender pessoalmente. Você pode divulgar para os seus conhecidos, fazer um bazar em casa ou vender para brechós, sebos, lojas de móveis usados, etc. Depende do que você tiver para vender.

    1. Revendedor de produtos de beleza

    Essa é uma forma de renda extra que já existe há muito tempo mas sempre funciona. Venda produtos por catálogos. Há inúmeras marcas no mercado e produtos de beleza são muito procurados, mesmo em épocas de crise.

    1. Redator

    Para quem gosta e tem facilidade com a escrita, ser redator online é uma ótima ideia. É possível conseguir jobs por meio de plataformas online, pelo intermédio de agências de marketing, ou mesmo diretamente, através de sua rede de contatos. Eu sou formada em Jornalismo e comecei a utilizar esta opção de renda extra. Está sendo ótimo para meu aperfeiçoamento.

    1. Editor de vídeos

    Com a popularização do Youtube, muita gente está investindo na produção de vídeos, mas para editar os conteúdos leva tempo e exige algum conhecimento. Por isso, vários youtubers optam por terceirizar o serviço de edição para que tenham mais tempo para focar na produção de material.

    1. Motorista de aplicativo

    Os aplicativos de transporte estão ganhando espaço na vida dos brasileiros. Se você tiver um carro, cadastre-se em alguma plataforma e comece a trabalhar logo!

    Aliás, não necessariamente você precisa ter um carro próprio. Conheço gente que mesmo sem ter carro fez as contas e entendeu que valia a pena alugar um automóvel para começar a prestar o serviço de motorista de aplicativo.

    1. Artesão

    Se você possui alguma habilidade manual ou tem disposição para aprender, essa pode ser uma boa ideia. Aqui há um infinito de possibilidades e a internet é uma ótima fonte de inspiração. Inclusive há muitas opções de artesanato que utilizam produtos recicláveis, o que torna o investimento inicial irrisório.

    O final de ano é uma ótima época para começar, pois muitas pessoas trocam presentes ou compram aquela lembrancinha para presentear as pessoas queridas.

    Um ótimo local para vender esse tipo de produto artesanal é o Elo7.

    1. Fotógrafo

    Há vários bancos de imagens gratuitas na internet. Se você consegue fazer fotos legais, é possível vender para esses sites e fazer uma grana extra.

    1. Cuidador de pets

    Ter pets é uma alegria e é a escolha de muitas pessoas. No entanto, quando o dono precisa viajar é aquele problema. Eu mesma já passei por esse tipo de situação.

    Atualmente há alguns sites, como o Dog Hero e o Pet Anjo, nos quais você pode se cadastrar para cuidar de pets de terceiros. Basta ter algum espaço em casa e gostar de animais. Não é preciso nenhum investimento para começar.

    1. Gestor de mídias sociais

    Marcar presença online, especialmente nas redes sociais, é essencial para as empresas que querem crescer. Mas ter tempo para gerenciar todas as mídias pode não ser uma tarefa fácil. Sendo assim, muitas marcas estão contratando alguém para administrar suas contas nas redes sociais. Se você é conectado e está sempre nas redes, pode ser uma boa opção para ganhar dinheiro.

    Gostou das dicas? Você costuma fazer algo para conseguir uma renda extra? Deixe um comentário e conte sua experiência.

  • Caçamba lotada de lixo no meio de um terreno gramado.
    Minimalismo,  Vida

    8 dicas de sustentabilidade para iniciantes

    As condições climáticas estão cada vez mais extremas, resultado da falta de cuidados com o meio ambiente. Precisamos pensar mais no futuro que vamos deixar para as próximas gerações.

    Eu confesso que estou longe de ser um exemplo de sustentabilidade, mas tenho tomado algumas pequenas atitudes para cuidar melhor do planeta. Se cada um fizer um pouquinho, podemos melhorar bastante.

    Confira aqui 8 dicas de sustentabilidade para quem está iniciando a jornada.

    1- Carregar uma garrafinha de água por aí

    No meu trabalho, ao levar uma garrafa, eu evito utilizar copos descartáveis para beber água. Em outros locais, ter uma garrafinha à mão impede que você compre água e gaste mais plástico, já que a bebida vem em embalagens plásticas. Além de fazer bem para o planeta, você economiza dinheiro.

    2- Levar uma xícara para o trabalho

    Apesar de não ser a louca do café ou do chá, comecei a ficar incomodada porque todos os dias eu utilizava um ou dois copinhos plásticos descartáveis para tomar um pouquinho de café ou chá.

    Então eu decidi pegar uma xícara da minha casa e deixar no meu trabalho.
    Assim, todos os dias eu uso a minha xícara de porcelana e depois lavo para reutilizar. Nunca mais usei os copos descartáveis.

    Já pensou se todos fizessem isso nas empresas?? A redução de consumo de plástico seria absurda!

    3- Utilizar saquinhos de lixo em sua capacidade máxima.

    Eu ainda não consegui evoluir o suficiente para parar de colocar saquinhos de plástico nas lixeiras. Então o meu esforço é para utilizar os saquinhos em sua capacidade máxima.

    Se o lixo não estiver mal cheiroso e a lixeira ainda estiver com espaço, não há necessidade de trocar o saquinho.

    4- Dispensar a via dos comprovantes de cartão de crédito

    Quando fazemos uma compra no cartão, a maquininha emite a via do estabelecimento e, em seguida, a via do cliente. Passei a avisar a pessoa que está me atendendo que não quero a minha via. Assim, faz se a economia de um papel que eu jogaria no lixo logo depois.

    Hoje em dia já existem algumas máquinas que não imprimem recebo, apenas mandam o comprovante por SMS ou e-mail.

    5- Solicitar alteração na forma de envio de boletos

    Atualmente quase todos os meus boleto eu recebo por e-mail, ao invés de receber pelos Correios. Na maioria das vezes eu nem imprimo a fatura, só digito o número do código de barras no celular para fazer o pagamento.

    Mesmo se você resolver imprimir, você só precisa imprimir a folha em que está o código de barras. Quando recebemos por correio, muitas vezes vem mais de uma folha junto. Ou porque vem o extrato de consumo ou porque vem alguma propaganda.

    Se você optar por imprimir, ainda é possível utilizar a impressão em frente e verso ou reduzir o tamanho e colocar mais de um boleto na mesma folha de papel.

    6- Recusar canudos em estabelecimentos comerciais

    É quase uma regra vir um canudo para acompanhar uma bebida que pedimos em um restaurante ou lanchonete. É um item totalmente dispensável, podemos muito bem tomar nossa bebida sem canudo. Por isso, passei a recusar esse objeto.

    7- Fazer o descarte correto

    Pilhas, baterias, lâmpadas, remédios são alguns itens que não podem ser descartados em um lixo comum, pois são tóxicos e precisam do descarte correto para não contaminar os aterros e tudo o mais. Separar estes itens é fundamental. Além disso, é importante separar o lixo reciclável do orgânico.

    8- Pensar bem antes de sair imprimindo coisas

    Eu penso muito bem antes de imprimir uma folha de papel. Será que aquela impressão é mesmo necessária ou é apenas uma pequena comodidade ou um hábito?

    Como já comentei, aqui são pequenos passos de uma pessoa comum que está apenas no início da jornada por um mundo melhor. Vocês têm mais dicas sobre o assunto?? Deixem aqui nos comentários que eu vou adorar aprender mais.