Dicas infalíveis para economizar no mercado
Finanças

Dicas infalíveis para economizar no mercado

Tenho a sensação de que cada vez que vou ao supermercado, as coisas estão mais caras. Fico impressionada com o tanto que gasto comparado à pequena quantidade de itens que levo para casa.

Estou procurando prestar mais atenção às minhas compras para conseguir economizar. Se você também está precisando economizar no mercado, confira abaixo as dicas que separei.

Monte um cardápio

Olhe o que você ainda tem em casa, tanto na geladeira quanto na despensa. Baseado nisso, monte um cardápio para as próximas refeições, de forma que aproveite o que você ainda tem em casa. Afinal, desperdício de comida é desperdício de dinheiro.

Faça uma lista

Após montar um cardápio, é hora de montar a lista. Essa dica é básica, mas necessária. Faça uma lista e se atenha a ela. Eu gosto de levar a lista em papel mesmo e ir riscando com uma caneta o que eu vou colocando no carrinho. Mas você também pode optar por criar uma lista em algum aplicativo no celular.

Calcule o preço por unidade

Como saber se um pacote com 48 fraldas está mais caro que o pacote com 96? Calculando o preço por unidade. Para isso, tenha em mãos uma calculadora. Temos a tendência a achar que a embalagem maior vai ter o preço mais barato, mas isso não é uma regra. Além disso, não adianta comprar a embalagem maior que tem um preço unitário menor se você não for conseguir consumir aquele produto até a data de vencimento. Sua economia terá ido para o lixo.

Evite passar nos corredores de produtos que você não precisa comprar

Se não tem nenhum item de higiene pessoal na sua lista, por exemplo, não passe nesse setor. Isso só te fará perder tempo e você ainda pode cair na tentação de querer levar algo que não esteja precisando.

Não vá ao supermercado com fome

Eu sei, essa dica é realmente super batida, mas funciona. Tem grandes chances de você comprar alimentos além do necessário se você for às compras com fome.

Cuidado com as falsas promoções

Não acredite em todas as ofertas do supermercado. Não é porque está escrito em destaque “promoção” que aquele produto realmente está com um preço mais baixo do que o normal. Preste atenção! Observe o preço e analise se realmente é uma oferta real ou apenas um chamariz para pegar consumidor desatento.

Aproveite os descontos reais

Em oposição à dica anterior, preste atenção aos descontos reais. Realmente tem vários mercados cheios de falsas ofertas por aí. Porém há também os casos de promoções verdadeiras. Se for algo que você precisa comprar, aproveite.

Compre os produtos da estação

Dicas infalíveis para economizar no mercado

Os alimentos da estação costumam estar melhores e mais baratos do que outros produtos. Assim, você economiza no preço e leva um produto que vai estar com uma qualidade superior do que aqueles fora da estação.

Frequente mercados mais baratos

Aqui vale você analisar sua situação. Não sou muito a favor de sair rodando a cidade em busca do mercado mais barato. Afinal, tempo é dinheiro. Mas se há 3 redes diferentes de supermercados próximos à sua casa, compare os preços e comece a frequentar aquele que tiver os preços mais em conta.

Quando possível, escolha uma marca mais barata

Tem produtos com os quais eu acho que não dá para comprar do mais barato, como detergente para lavar louças, por exemplo. Mas também não precisa comprar a marca mais cara. Já no caso de alguns itens, como água mineral, não vejo diferença de marca. Veja o que faz sentido para você.

Aproveite também para experimentar novas marcas. Muitas vezes temos preconceito com marcas mais baratas sem nunca termos provado. Aqui ainda vale mais uma dica. Experimente as marcas dos supermercados.

Muitas redes grandes possuem linhas de marcas próprias. Porém normalmente elas não produzem, apenas reembalam produtos comprados de outros fabricantes.

Então você pode comprar bons produtos assim. Se quiser saber quem é o fabricante, basta olhar na embalagem, vai estar escrito bem pequenininho algo como “fabricado por”.

Compre menos produtos industrializados

Essa dica vale para mim também. Produtos industrializados costumam sair mais caros e não são tão nutritivos quanto comida de verdade (arroz, feijão, carne, frutas, legumes). Se você compra muitos produtos industrializados, tente ir diminuindo o consumo deles aos poucos. Você vai ver como isso vai fazer diferença na sua conta. É bom para o seu bolso e para a sua saúde.

Não leve as crianças

As crianças não têm muito autocontrole e podem se sentir facilmente atraídas por produtos supérfluos. Em outros casos, os próprios adultos podem ficar tentados a presentear os pequenos com algum item do mercado. Portanto, se você tiver opção, evite levá-las com você.

Confira a validade dos produtos

Não adianta comprar um pack com 8 iogurtes porque está mais barato se eles vão vencer daqui 1 semana e você costuma levar 2 semanas para consumir. Sempre confira a validade dos produtos antes de colocar no carrinho.

Faça compras semanais ou quinzenais

Quando você faz compras muito grandes, fica mais difícil de controlar a quantidade que vai precisar para não sobrar comida. Se você for ao mercado semanalmente ou quinzenalmente, pode minimizar o desperdício de alimentos.

Defina um limite para gastar

Ir às compras com um limite para gastar pode dar um pouco mais de trabalho, mas é uma ótima estratégia para controlar os gastos. Defina quanto você pode gastar por semana ou por ida ao mercado e se mantenha dentro do limite.

Confira seu cupom fiscal

Às vezes pode acontecer de quando passar um produto no caixa, o valor estar diferente (maior) do que estava na prateleira. Ou também pode acontecer do funcionário da loja se confundir e passar o mesmo produto mais de uma vez. Por isso, sempre confira sua nota fiscal. Se conseguir conferir já na tela do caixa, fica ainda mais fácil de corrigir caso seja necessário.

Agora eu quero saber quais são as suas estratégias para economizar nas compras!

2 Comentários

  • Simplicidade e Harmonia

    Marcella,

    Muito bom o seu post, ainda mais agora que o final de ano está chegando.

    “Evite passar nos corredores de produtos que você não precisa comprar.”
    Exatamente. Corredores de doces, chocolates, bolachas e afins também são um grande problema. Procuro passar longe deles.

    Abraços,

    • marcella_salomao@hotmail.com

      Oi, Rosana.

      Esse post me ajudou a pensar em dicas até para mim. Nos últimos tempos achei que minha conta de supermercado andou muito elevada, mas sem eu comprar tantos itens assim. Estou fazendo umas mudanças nas minhas compras e vou acompanhar os gastos dos próximos meses para ver se vai surtir o efeito esperado. A minha dificuldade é que não sou muito de cozinhar e também adoro um chocolate e uma bolacha. Estou me esforçando para conseguir mudar isso aos poucos. Bjos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *